O princípio de funcionamento de um transmissor é bastante simples. O sensor de pressão converte o valor da pressão mecânica em um sinal elétrico proporcional. O sensor de pressão normalmente consiste em um corpo principal estável e um diafragma. O diafragma é o elemento mais importante para a medição de pressão e é equipado com estruturas de resistência sensitiva à tensão e à compressão, também conhecidas como extensômetros ou strain-gauges (DMS).

O diafragma deforma-se sob a influência de pressão. Assim, os extensômetros conectados a ele são estendidos ou comprimidos e sua resistência varia de acordo com o movimento. Esta alteração de resistência é diretamente proporcional à pressão. Por exemplo, se os resistores estão conectados a uma ponte de Wheatstone, o resultado do sinal elétrico pode ser medido e transferido a um indicador.

Você encontrará a linha completa de transmissores de pressão no site da WIKA.

Mais informações sobre este assunto também podem ser encontradas no livro (em inglês): Eugen Gaßmann e Anna Gries: Electronic Pressure Measurement – Basics, applications and instrument selection; Süddeutscher Verlag onpact GmbH; Munich 2009 (Volume 323 of the series “Die Bibliothek der Technik” (library of technology).



Deixe uma resposta