Sinais de saída analógicos dos transmissores de pressão: 4 - 20 mA

Na automação industrial e especialmente em sensores de pressão, o sinal de corrente de 4 – 20 mA é o mais utilizado para transmissão de valores. O amplo uso deste sinal deve-se ao seu fácil manuseio e especialmente sua resistência contra interferências.

O sinal de corrente possui maior imunidade contra interferência eletromagnética do que um sinal de tensão devido ao fato de que interferências eletromagnéticas são alimentadas em linhas como sinais de tensão e resultam em poucas alterações de corrente, na resistência de entrada do receptor. O sinal 4 – 20 mA é utilizado em várias aplicações na transmissão de valores como temperatura e pressão. Por exemplo, a faixa de 0 … 10 bar de um transmissor de pressão em um processo de produção é convertida pelos circuitos eletrônicos do instrumento em um sinal de corrente de 4 – 20 mA.

Os sinais de 4 – 20 mA dois fios são preferidos em relação aos com três fios devido a sua economia em fiação e fácil detecção de erros. Nesta versão, um rompimento no cabo é detectado pelo valor de corrente que cai para 3,8 mA e um curto-circuito pelo valor de corrente acima de 20,5 mA (conforme NAMUR NE 43). O 4 – 20 mA três fios ainda é utilizado, mas somente em instrumentos que demandam alta energia de alimentação.



Deixe uma resposta