A medição de pressão é uma parte integral do processo de monitoramento que mede com qual economia um compressor de ar está funcionando durante o tempo todo.

O aumento de custos de energia significa que cada unidade de uma fábrica deve sempre operar com uma performance otimizada, e para compressores de ar isto significa aumentar ou diminuir a carga para cumprir as demandas com mudanças constantes de ar comprimido em toda tubulação das linhas da fábrica.

Por esta razão, é cada vez mais comum a instalação de sistemas para “gestão de ar”, os quais monitoram indicadores de performance e os diferentes estágios dos vários compressores de ar que estão conectados a rede de ar comprimido – garantindo que cada compressor opere com a energia necessária para a demanda exata em um dado momento.

Para efetuar esta tarefa de forma efetivamente, sensores de pressão são necessários para monitorar a pressão de cada estágio de compressão, e com isto, apresentam-se muitos desafios:

  1. Compressores de ar estão propensos a altos níveis de vibração e isto significa que um sensor de pressão montado diretamente no corpo (carcaça) do compressor estará sujeito a um alto nível de vibração correspondente. Como resultado, isto pode levar à falha de muitos sensores de pressão montados desta forma, a menos que eles sejam pré-projetados para estes ambientes exigentes de operação.
  2. Outra questão importante de sensores de pressão montados em compressores de ar é a temperatura ambiente elevada – as partes em movimentação de compressores e seus espaços confinados levam ao aumento da temperatura da carcaça, que pode resultar em erros de temperatura que possam refletir até mesmo na saída de sinal dos sensores de pressão, levando ao cálculo incorreto de energia do sistema.

Uma solução dos projetistas de compressores para superar estes problemas é a montagem de sensores de pressão (e outros instrumentos similares) remotos em um painel lateral da caixa principal do compressor – esta medida reduz a exposição à vibração e altas temperaturas ambiente, além de proteger os sensores de pressão dos efeitos prejudiciais destas condições.

Com a opção de um sensor de pressão compacto com uma rosca dupla, sendo uma rosca externa para montagem do sensor ao painel, e uma rosca interna para a conexão à mangueira de ar, temos então uma ferramenta útil na concepção desta solução. Isto é exatamente o que a WIKA oferece com o C-2 – O sensor de pressão para compressores de ar.
Veja de perto em nosso site: C-2



Post a comment