Como seus homólogos mecânicos, os pressostatos eletrônicos são considerados principalmente para tarefas de controle simples. Além da comutação de corrente e precisão, há outra característica que distingue os dois tipos de instrumentos: os pressostatos eletrônicos oferecem muito mais opções de ajuste. Isso pode ser ilustrado em detalhes com o exemplo do modelo PSD-4 da WIKA.

Os pressostatos mecânicos devem ser calibrados aplicando pressão e girando o parafuso de ajuste. Em modelos eletrônicos, como o PSD-4, no entanto, existem duas maneiras de fazer isso. Ambos são realizados quando o instrumento é despressurizado. A primeira é o ajuste no local, sem ferramentas, por meio de botões de controle e tela. Com a segunda, em vez disso, uma interface de programação é usada. No passado, apenas soluções específicas do fabricante podiam ser usadas para essa finalidade. No entanto, a interface universal IO-Link tornou-se cada vez mais popular ultimamente.

Os pressostatos eletrônicos podem ser configurados de várias maneiras, como mostra este extrato do menu de configuração do PSD-4.

Saídas de comutação ajustáveis de forma independente

Com ambas as opções de configuração, os pressostatos eletrônicos podem ser parametrizados além de meros pontos de comutação. Por exemplo, no PSD-4, as duas saídas de comutação podem ser definidas independentemente uma da outra: como contatos normalmente fechados ou normalmente abertos, com histerese ou função de janela, bem como atraso de comutação e reset.

Os usuários também podem alternar entre PNP e NPN para as saídas de comutação e entre 4…20 mA e 0…10 V para o sinal analógico. Também é possível alterar as unidades, por exemplo, de bar para psi.

Mensagens de advertência e erro

Além disso, o usuário pode escolher o que é exibido na tela: a pressão atual ou os valores de comutação. Mensagens de aviso e erro também podem ser exibidas no PSD-4. Para garantir que todas as informações sejam fáceis de ler em quase todas as situações de instalação, a tela neste modelo de instrumento pode ser girada eletronicamente.

Suporte para usuários

O PSD-4 também oferece funções de ajuste para ajudar os usuários da máquina. Isso inclui a designação do ponto de medição no instrumento com um TAG. Desta forma, o ponto de medição é atribuído de forma inequívoca. Além disso, a unidade pode ser bloqueada usando um PIN para impedir o ajuste por pessoal não autorizado.

Configuração de fábrica, interessante para grandes quantidades

Se você deseja evitar a programação, pode solicitar pressostatos eletrônicos com configurações de fábrica com base em seus requisitos específicos. Esta alternativa é especialmente interessante para grandes quantidades. Neste caso, os instrumentos são parametrizados automaticamente. Os clientes só precisam conectá-los. Desta forma, evitam possíveis erros de ajuste.

Você encontrará mais informações sobre o pressostato eletrônico PSD-4 no site da WIKA. Quer comprar pressostatos? Em nossa loja online WIKA você encontrará alguns de nossos modelos padrão. Para mais informações, não hesite em nos contatar.

Leia também os seguintes artigos do nosso Blog:
“O ponto de comutação em pressostatos mecânicos”
“Pressostato mecânico ou eletrônico? Critérios de seleção” 

Assista ao vídeo a seguir para saber mais sobre o pressostato eletrônico PSD-4: Pressostato eletrônico PSD-4 | Comissionamento, operação e programação (youtube.com)

Para saber mais sobre o IO-Link, assista ao seguinte vídeo: Conexão de sensores e atuadores | IO-Link (youtube.com)



Post a comment